quinta-feira, 24 de março de 2011

Uma coisa que leva a outra

Tava eu fuçando a bio do Capote e achei partes grifadas interessantes e que servem pro momento [?]:

Truman adorava o humor rude de Elizabeth Taylor, de quem ele próprio dizia ter um "fascínio febril", uma inteligência brilhante, capaz de surpreendê-lo. "Ela é singular, é realmente fantástica. Vivia descobrindo obras desconhecidas de autores conhecidos e me presenteava com livros interessantes, curiosos. (...) Eu a acompanhei com quatro ou cinco maridos, e só Mike Todd sabia lidar com ela. Amava-a, mas sabia a hora de dizer 'foda-se'. (...)

"Convivi muito com ela e Richard Burton. Passávamos a noite conversando e bebendo champagne. O caso deles era todo baseado em tesão. Tinham brigas terríveis, mas afetuosas. Eles se provocavam mutuamente, e sei que era de propósito, para depois se reconciliarem na cama, Liz era fiel, mas ele nunca foi. Flertava com qualquer uma que aparecesse, marcava encontros com garçonetes praticamente na frente dela. E ela suportava tudo. 'Ah, estou ficando velha para ele', dizia. 'Se eu não me importasse com essas franguinhas, seríamos tremendamente felizes. Só que não dá para aguentar'. Ele era obcecado por dinheiro. Não me lembro de termos conversado alguma vez que o assunto não girasse sempre em torno de dinheiro. Essa era a carreira que ele sonhava: dinheiro, dinheiro e mais dinheiro. Burton casou-se com ela porque queria ser um astro. Elizabeth o amava, mas ele não a amava."
Capote: uma biografia - Gerald Clarke

Ok... devemos lembrar que essa é a visão de Capote, aquele que fodeu todo mundo que era próximo dele por fazer fofocas e veneninhos dessa estirpe. Ai, a biografia dele me deixa triste... [tá, toda biografia me deixa triste]

2 comentários:

tatiana disse...

preciso te falar que sonhei que tu tava trabalhando na tv a cabo como roteirista de algum programa sobre cinema/moda/etc,etc, e acordei pensando "mas será que agente teve essa conversa, mesmo?? ela me contou que tá fazendo isso, mesmo??"...;)

e poxa vida, morreu liz taylor... tou esperando pra ver especiais do tcm (descobri que vi poucos filmes dela, tipo, cleópatra, assim caminha a humanidade, quem tem medo de virginia woolf e só)

Manu disse...

hahahahahahahaha

Que sonho mais romântico! I wish...

Nem me fala, Tati... eu não tenho mais TCM. Toda vez que lembro disso fico zoada. E eu comprei um filme com ela e o Marlão, chama O Pecado de Todos Nós. Filmão!

Vc não viu Gata em teto de zinco quente?

[e acho rico faze francês! *_*]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...