quinta-feira, 10 de março de 2011

tenho desprezo

pelo meu velho eu. Anos atrás, assisti um trecho de "Hannah e suas irmãs" e tive aversão a Woody Allen por muito tempo.

COMO????? Que trecho eu possivelmente possa ter visto pra ter tido uma opinião tão imbecil?

O filme é simplesmente ótimo e se alguém merece aversão nessa vida, sou eu há 10 anos. Aff.
De olho nas fotos da tela:
(é tosco, mas confere um ar afetivo)

Respeito isso...
Isso é pior do que saber e achar que não vai acabar nunca?
Recalque com suporte em livros e filmes: uso e aprovo.
O amor é realmente imprevisível.
"Pensei que deveria parar de procurar respostas que nunca encontraria..."

4 comentários:

Monisa disse...

Eu entendo o desprezo mas ter aversão de Woody Allen foi realmente um pecado! hahaha Eu tenho desprezo por aquilo que eu um dia fui, mas carrego comigo a admiração pelo Woody desde Radio Days (primeiro filme que eu assisti dele) ... O lado positivo é que você pode olhar para o seu passado e perceber que evoluiu. LOL

Manu disse...

Evoluir daquele ponto é fácil demais, Monisa. Não vale... rs

tatiana disse...

nada é pior do que O Dorminhoco... nada....

Manu disse...

Esse eu não vi. Aliás, esse post deveria ser dedicado a você, Tati, que me emprestou os Woody Allens que gostei, tipo o Annie Hall, Crimes e Pecados e Manhattan...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...